sábado, 25 de março de 2017

Mega-Sena acumula e pode pagar R$20 milhões na quarta-feira

Brasil
 LOTERIA 
Nenhum apostador acertou as seis dezenas da Mega-Sena. Com isso, o prêmio acumulou, e o próximo concurso, a ser realizado na quarta-feira (29), poderá pagar até R$ 20 milhões. O sorteiro foi realizado na noite deste sábado pela Caixa Econômica Federal em Belém (PA).

Confira as dezenas sorteadas: 02-20-21-33-48-57

A Quina teve 39 apostas ganhadoras. Cada uma vai receber R$ 53.170,03.

A Quadra registrou 3.429 vencedores, cujo prêmio será de R$ 863,90.

Conheça a nova Bonna Pizza em Venceslau


Chile, China e Egito anunciam retomada da importação de carne brasileira

Brasil
 ECONOMIA 
O Chile decidiu retirar a suspensão total à importação da carne brasileira, mas manteve a proibição da entrada de produtos dos 21 frigoríficos investigados pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal. A informação foi divulgada hoje (25) pelo Serviço Agrícola e Pecuarista do Chile. O país havia anunciado a suspensão temporária à importação de carne do Brasil até que fossem prestados esclarecimentos sobre o caso. A China e o Egito também anunciaram a reabertura para a importação de carne do Brasil.

O órgão chileno justificou que a decisão foi tomada após ter recebido explicações do Ministério da Agricultura e Pecuária do Brasil em resposta ao pedido de informações detalhadas sobre as investigações da Polícia Federal. O Chile informou que poderá suspender as importações de qualquer outro estabelecimento que apareça posteriormente nas investigações.

A exemplo do Chile, o Egito e a China também mantiveram a proibição para a importação da carne dos frigoríficos investigados e que tiveram os certificados de exportação cassados pelo Ministério da Agricultura. Mais cedo, o Ministério da Agricultura havia anunciado  a “reabertura total do mercado de carnes brasileiras” pela China. 

O Egito havia imposto a proibição até que as autoridades brasileiras fornecessem esclarecimentos considerados satisfatórios. O Ministério da Agricultura egípcio declarou reconhecer a qualidade da carne brasileira após exames feitos por três diferentes órgãos governamentais.

Pelo menos 19 países e a União Europeia suspenderam total ou parcialmente as importações de carnes brasileiras após o anúncio da Operação Carne Fraca. Outros quatro países, entre eles os Estados Unidos, reforçaram o controle sanitário para entrada do produto brasileiro.

As investigações da PF apontam a existência de esquema criminoso que envolve empresários do agronegócio e fiscais agropecuários que facilitavam a emissão de certificados sanitários para alimentos inadequados para o consumo.

Governo brasileiro
Em nota conjunta, o presidente Michel Temer e o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, registram que “as medidas anunciadas pelos governos do Egito e do Chile corroboram a confiança da comunidade internacional no nosso sistema de controle sanitário, que é robusto e reconhecido mundialmente”. Reafirmam também que o governo brasileiro segue transmitindo aos parceiros comerciais todas as informações sobre a segurança dos alimentos produzidos no país.

Depois de a China anunciar a reabertura do mercado para a carne, o presidente Michel Temer disse que a decisão é um reconhecimento da confiabilidade do sistema de defesa agropecuária brasileiro. Em nota, Temer destacou que o posicionamento chinês é resultado do trabalho de esclarecimento empreendido pelo governo nos últimos dias com os parceiros comerciais e diz estar confiante de que outros países seguirão o exemplo da China. “Nosso país construiu grande reputação internacional neste segmento. E o posicionamento chinês é a confirmação de todo trabalho de esclarecimento levado a termo pelo governo brasileiro nestes últimos dias em todos os continentes”, diz Temer na nota.
(Fonte: Agência Brasil)

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 16 milhões neste sábado

Loterias
 MEGA 
O sorteio 1.915 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 16 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h deste sábado (25), em Teodoro Sampaio (SP).

De acordo com a Caixa Econômica Federal, com o valor integral do prêmio, o ganhador poderá adquirir seis franquias de marcas consolidadas no mercado ou 17 casas de R$ 900 mil cada. Se quiser investir na poupança, receberá mensalmente R$ 16 mil em rendimentos.

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.
(G1)

Trapp e Eletro Força Ferramentas apresentam novidades em Venceslau

Cidade
 COMÉRCIO 

A Trapp e Eletro Força Ferramentas convidam a população para conhecer toda a linha de jardinagem na próxima segunda-feira (27), a partir das 9 horas da manhã. 

Durante todo o dia a loja terá a presença de um promotor que irá tirar dúvidas apontadas por clientes. Toda a linha Trapp estará em oferta na Eletro Força Ferramentas que está localizada na avenida D.Pedro II, 210, centro de Presidente Venceslau. O telefone para mais informações é (18) 3271 6773.

China anuncia retomada das importações de carne brasileira

Brasil
 ECONOMIA 
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento informou que a China anunciou hoje (25)  a “reabertura total do mercado de carnes brasileiras”. O país suspendeu as importações de carnes do Brasil no início da semana, após a deflagração da Operação Carne Fraca pela Polícia Federal (PF). As investigações da PF apontaram a existência de esquema criminoso que envolve empresários do agronegócio e fiscais agropecuários que facilitavam a emissão de certificados sanitários para alimentos inadequados para o consumo.

Em nota, assinada pelo ministro Blairo Maggi, a pasta destaca que a decisão das autoridades chinesas de retomar as importações de carne brasileira resulta de negociações intensas. “Nos últimos dias, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Itamaraty e a rede de embaixadas do Brasil no exterior trabalharam incansavelmente para o êxito que se anuncia hoje.”

“Trata-se de atestado categórico da solidez e qualidade do sistema sanitário brasileiro e uma vitória de nossa capacidade exportadora”, destaca o ministro.

Na nota, Blairo Maggi agradece o “gesto de confiança” da China e ressalta que o país asiático nunca fechou mercado aos produtos brasileiros, “apenas tomou medidas preventivas para que tivéssemos a oportunidade de oferecer todas as explicações necessárias e garantir a qualidade da nossa inspeção sanitária”.

Para o ministro, “a regularização do ingresso da carne brasileira na China mostra o espírito de confiança mútua entre os dois países e a disposição para dialogar com boa-fé”.
(Fonte: Agência Brasil)

Super promoção no São Carlos Supermercado


Manchetes deste sábado

 PRINCIPAIS JORNAIS DO PAÍS 
Folha de S. Paulo
Por mais verba, centrais podem apoiar Temer em reformas
O Globo
Carne: três frigoríficos farão recall
O Estado de S. Paulo
Trump sofre seu primeiro grande revés no Congresso
 DA REGIÃO 
Integração
Assistência Social melhora sistema de distribuição de alimentos de convênios
Tribuna Livre
CNBB faz campanha de mobilização contra reforma da previdência
O Imparcial
Justiça concede prazo de 30 dias para Estado "prestar contas" de filas

Feliz sábado...

 FRASE DO DIA 

sexta-feira, 24 de março de 2017

Programação em comemoração aos 68 anos de Epitácio começa hoje

Região
 FESTA 
(Foto: Divulgação)
Em comemoração aos 68 anos de Presidente Epitácio, a Prefeitura Municipal da cidade está com uma programação de eventos culturais, musicais e esportivos que vai de hoje, sexta-feira (24), a segunda-feira (27).

O primeiro dia da confraternização vai contar com a presença de escolas municipais, estaduais, federais e particulares, entidades, clubes de serviço, projetos sociais, bandas marciais e ainda  as baterias das escolas de samba. O desfile de hoje, (24), vai partir da Avenida Presidente Vargas com direção à Igreja Matriz, com início às 19 h.

Um campeonato de natação será realizado no sábado, 25, no Ginásio Beira Rio , às 8h. Nesta competição irá participar os atletas da Divisão de Esportes e Recreação de Presidente Epitácio (Derepe). No mesmo dia, o 6º Passeio Ciclístico do grupo Bad Boys, vai sair da praça Matriz às 18 h.

No dia 26, domingo, às 8 horas, acontecerá o 1º Torneio de Fultebol Society entre Firmas, no Centro Esportivo. Das 16 horas até a meia noite, no Pavilhão de Eventos na Orla da cidade, terá apresentações de artistas do município, Maurício e Maciel, Débora & Luciana, Sagitários, The Favas além da apresentação do grupo de dança Nathy Dance.

No feriado de segunda-feira, dia 27, será realizada uma caminhada a partir das 8 horas, partindo da praça da Matriz São Pedro. Na mesma data, mas às 9 horas, no Ginásio Beira Rio, bandas e fanfarras se apresentarão. Dentre elas, as fanfarras das escolas Marina Amarante, Waldyr Romeo, Joaquim Rodrigues, Shiguetoshi Yoshihara. E as bandas marciais “Antônio Zocante” da Guarda Mirim e a de Caiuá.

Todo o evento estará sendo realizado com o apoio da prefeitura de Presidente Epitácio e a Câmara Municipal. Sendo todo ele, totalmente gratuito.

Venceslauense atinge 960 pontos na redação do Enem


Fundo do Minha Casa, Minha Vida passa a atender a todos os municípios

Brasil
 PROGRAMA 
O governo federal lançou hoje (24) novos critérios de seleção para o programa Minha Casa, Minha Vida. A partir de agora, todos os municípios terão acesso ao Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), antes disponível apenas para cidades com população inferior a 50 mil habitantes.

As mudanças atingirão as famílias da Faixa 1, que têm renda de até R$ 1.800. Pessoas com deficiência e famílias desabrigadas, residentes em áreas de risco ou que sejam chefiadas por mulheres terão prioridade de atendimento na aquisição de imóveis do programa.

O acesso aos recursos do fundo para a construção de imóveis destinados à população de baixa renda e sem casa própria está condicionado às novas regras, que foram publicadas hoje (24) no Diário Oficial da União e anunciadas pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo, em evento na cidade de São José do Rio Preto (SP) com a participação do presidente Michel Temer e do governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

A partir dos novos critérios, o governo vai priorizar o financiamento de empreendimentos construídos em áreas próximas aos bairros já consolidados e que dispuserem de infraestrutura urbana básica, com fácil acesso aos serviços de transporte, educação e saúde e e ao comércio. O ministério também dará prioridade às cidades que doarem o terreno para construção e privilegiará os projetos que apresentarem condições de contratação imediata, com a possibilidade de geração de emprego e renda em curto prazo.

Cada conjunto habitacional não poderá ter mais do que 500 casas construídas. Em uma mesma área, será permitido agrupar no máximo quatro conjuntos habitacionais, com o limite de duas mil casas no total. Há ainda a exigência de que os conjuntos apresentem condições de mobilidade, como vias públicas e calçadas acessíveis.

As instituições terão o prazo de 30 dias, a partir de hoje, para atualizar suas propostas junto à Caixa Econômica Federal (CEF). A cada mês haverá seleção de novos projetos, de acordo com o déficit habitacional da região de interesse, entre outros critérios.
(Fonte: Agência Brasil)

O melhor bacalhau para a páscoa é na Super Pão em Venceslau

Deputado Mudalen destina emenda de R$ 250 mil para Venceslau

Cidade
 EMENDA 
(Foto: Cedida/A.I)
Atendendo pedido do presidente do diretório municipal do Democratas, Guido Denippotti, o deputado federal Jorge Tadeu Mudalen (DEM) está destinando uma emenda de R$ 250 mil para o município de Presidente Venceslau.

No ofício de gabinete enviado a Guido Denippotti, o parlamentar informa que apresentou emenda ao Orçamento Geral da União, sob o número 18080013, com base no Apoio à Política Nacional de Desenvolvimento Urbano – Infraestrutura Urbana.

Guido disse que o pedido do recurso junto ao deputado Mudalen tem por finalidade atender obras de infra-estrutura no Residencial da Faive, bairro que , segundo ele, carece de pavimentação asfáltica, entre outras melhorias demandadas pelos moradores.

“Gostaríamos muito que esse recurso fosse destinado para o Residencial da Faive, que enfrenta vários problemas por falta de infra-estrutura”, ressaltou Guido.
(Assessoria de Imprensa)

Aproveite o preço de armações na Cooperótica


Campanha destaca importância do tratamento para tuberculose

Brasil
 CAMPANHA NACIONAL 
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de
combate à tuberculose
(Foto: Reprodução)
O Ministério da Saúde lançou, nesta quinta-feira (23), campanha nacional que alerta para a importância do tratamento para tuberculose. O lançamento marca o Dia Mundial da Tuberculose e fortalece o compromisso do governo brasileiro com a Organização Mundial de Saúde de combate à doença.

A meta é, até 2035, diminuir o número de casos para 10 em cada 100 mil pessoas por meio do diagnóstico precoce e tratamento contínuo de no mínimo seis meses.

Neste ano, a campanha de alerta terá como slogan “Todos juntos contra a tuberculose”. O objetivo é sensibilizar a população sobre a importância de aderir e completar o tratamento contra a doença. 

Além disso, está em elaboração, no Ministério da Saúde, o Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose, documento que define indicadores e ações para reduzir a incidência da doença na população brasileira, que hoje atinge 32,4 entre 100 mil habitantes.

Para 2017, está prevista a distribuição de 70 novos equipamentos, com capacidade para realizar, inicialmente, 250 mil testes. Os equipamentos serão distribuídos de acordo com critérios técnicos e operacionais para municípios brasileiros. 

Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose
O plano define indicadores para monitoramento das ações de estados e municípios e é dividido em três pilares: prevenção e cuidado integrado e centrado no paciente; políticas públicas arrojadas e sistema de apoio; e intensificação de pesquisa e inovação. 

Esse controle passará a ser feito com base em indicadores relacionados à detecção, ao diagnóstico, à coinfecção TB-HIV, à conclusão do tratamento e aos casos de tuberculose latente, sensível e drogarresistente.

“Só conseguiremos eliminar a tuberculose no Brasil a partir de ações integradas entre os diferentes atores da sociedade, por isso a importância de um plano que reúna todas as orientações”, destaca a coordenadora do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, do Ministério da Saúde, Denise Arakaki.

Tratamento contínuo
Em 2016, foram registrados 66,7 mil casos novos e 12,8 mil casos de retratamento (abandono ao tratamento) de tuberculose no Brasil.

No período de 2007 a 2016, o coeficiente de incidência da doença apresentou uma variação média anual de -1,7% e passou de 37,90/100 mil habitantes, em 2007, para 32,4/100 mil habitantes, em 2016. A redução da incidência nos 10 anos foi de 14,1%. A meta até 2035 é ter a incidência menor que 10/100 mil habitantes.

Em 2014, o Ministério da Saúde implantou no País a Rede de Teste Rápido para Tuberculose (RTR-TB), que utiliza a técnica de biologia molecular PCR em tempo real. O teste detecta a presença do bacilo causador da doença em duas horas e identifica se há resistência ao antibiótico rifampicina, um dos principais medicamentos usados no tratamento.

Foram distribuídos 160 equipamentos para laboratórios de 92 municípios, em todas as unidades da Federação. Os municípios escolhidos notificam, anualmente, cerca de 60% dos casos novos de tuberculose diagnosticados no País.

O Brasil conseguiu atingir as Metas dos Objetivos do Milênio (ODM) de combate à tuberculose com três anos de antecedência e, em 2015, aderiu ao compromisso global de redução de 95% dos óbitos e 90% do coeficiente de incidência da doença.
(Fonte: Portal Brasil)

Confira as novidades da Loja Prado em Venceslau


BNDES considera prematuro manifestar-se sobre Operação Carne Fraca

Brasil
 REPERCUSSÃO 
A presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Ecônomico e Social (BNDES), Maria Silvia Bastos Marques, disse hoje (24) que ainda é prematuro emitir qualquer posicionamento sobre possíveis impactos da Operação Carne Fraca, da Polícia Federal.

"Está muito recente ainda", disse Maria Silvia. "Aparentemente, a coisa é restrita, mas estamos acompanhando. Quando tiver algum posicionamento, a gente falará."

Como não há uma avaliação concreta do cenário, não há ações em curso, acrescentou Maria Sílvia. "Não estamos fazendo nada. Estamos apenas acompanhando para entender exatamente o que está acontecendo, como todo mundo."

O BNDES tem participação acionária em parte dos frigoríficos investigados. Para Maria Silvia, a desvalorização não é uma perda. "Não tem perda de recursos. Ações oscilam na Bolsa [de Valores]. Vão e voltam. Estamos acompanhando".

A presidente  do BNDES participou nesta sexta-feira, no Rio, da abertura do Seminário Start-Ups: Formas Efetivas de Apoio no Brasil. Em entrevista à imprensa, ela antecipou que o banco anunciará em breve um movimento de entrada no mercado digital para o público de pequenas e médias empresas.

Maria Silvia disse que um dos objetivos do BNDES para este ano é conseguir que 50% dos pedidos de crédito tenham aprovação em até 180 dias. Atualmente, a média de tempo de avaliação é 400 a 600 dias. "O banco está fazendo seu papel. Imaginar que o presidente de um banco de desenvolvimento quer segurar crédito é uma coisa esdrúxula. Pelo contrário, estamos trabalhando muito para agilizar, simplificar, aumentar acesso."

Na abertura do evento, o secretário de Inovação do MInistério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Marcus Vinícius de Souza, disse que governo, investidores e empresários precisam de mais maturidade para aproveitar os instrumentos de apoio à inovação existentes no Brasil.

"O cardápio de instrumentos que temos no Brasil é muito completo. Isso quer dizer que está bom? Não. Muito pelo contrário", disse Souza. Ele ressaltou, entretanto, que esses instumentos precisam ser menos burocraticos, com maior poder, com mais recursos. "É preciso pensar em algumas alterações para atualizá-los."

O Brasil ocupa hoje a 69ª posição no ranking global de inovação, e sua menor pontuação é no critério "capital humano". O país tem 33,2 pontos, enquanto a Suíça, primeira colocada, tem 66,3. Chile, México, Colômbia e Uruguai estão à frente do Brasil.

O ranking é elaborado pela Johnson Cornell University, pelo INSEAD, pela Business School for the World e pelo WIPO – World Intelectual.
(Fonte: Agência Brasil)

Aproveite as novidades de hoje na Farmais


Fotógrafo pede indenização por agressão de Caio Castro

Brasil
 INDENIZAÇÃO 
O fotógrafo André Ligeiro foi agredido pelo ator Caio
Castro
(Foto: Reprodução)
O fotógrafo André Ligeiro, agredido com uma cabeçada pelo ator Caio Castro em dezembro, durante uma festa em Trancoso, na Bahia, pediu R$ 100 mil reais de indenização em uma ação por danos morais. A informação é da colunista Monica Bergamo, da Folha de S.Paulo. 

Em sua página no Facebook, dias depois da agressão, o ator publicou um vídeo em que assumiu o erro e pediu desculpas. No vídeo, com quase 20 minutos de duração, Caio explicou que viajou para Trancoso com alguns amigos a convite de uma empresa. “Um certo dia, o dono dessa empresa, que é meu amigo, disse que estava indo para uma outra festa, que não era da empresa dele, mas da concorrente”, disse. O artista explicou que, como estava viajando a convite da empresa do amigo, sua assessoria pediu para que não fizesse fotos no evento promovido pela concorrente. Castro então pediu que o recado fosse transmitido aos fotógrafos.

“Entrei na festa, cumprimentei os fotógrafos. Deu um minuto, estávamos esperando pegar pulseira, veio um rapaz correndo, levantou a máquina e começou a disparar um monte de flashes. Tirou foto. Olhei para a Valentina, assessora do meu amigo, e falei: ‘O que é isso?’. Na hora, ele  saiu correndo. Minha reação foi correr atrás dele. Estava meio nervoso, era uma falta de respeito. A gente pediu gentilmente, cordialmente para não fazer foto. Ele fez a foto e saiu correndo. Por que ele saiu correndo? Por que ele sabia que estava fazendo uma coisa que não podia fazer. Veio um segurança me puxando, outra pessoa, aquele puxa-puxa e aconteceu o que aconteceu”, continuou.

Caio Castro admitiu que perdeu a razão e que cometeu um erro. “Estou muito errado de ter machucado o menino. Passei o ano novo inteiro sem saber como pedir perdão. Não saio de casa para brigar, não gosto de violência. Acho que violência gera violência e gentileza gera gentileza. Se fosse pedido, a gente conversava sobre fazer a foto. Saí de São Paulo, fui para a Bahia, não fui para arrumar confusão. Em nove anos de carreira nunca tive problema, nada parecido com isso. Perdi a cabeça. Não estou aqui para justificar meu erro”, contou.

Segundo o ator, ele tentou pedir desculpas ao fotógrafo na hora, mas foi impedido. “Não queriam que eu falasse com ele. No dia seguinte ninguém me deixava falar com ele também. Talvez depois eu tenha uma oportunidade de falar com ele”, explicou.

Ao final, Caio pediu desculpas ao fotógrafo, à família dele e aos seus fãs. “Até agora não consegui me encontrar com o fotógrafo. Terminei 2016 de uma forma que não gostaria de terminar. Se algum profissional do meio se sentiu ofendido, peço desculpa também. Já que isso aconteceu e foi um episódio horrível, uma idiotice da minha parte, alguma coisa boa temos que levar de boa dessa situação, que é respeitar as pessoas”, concluiu.
(Fonte: Veja)

"Fds Top" no Bar do Burrão


Famílias de PV recebem alimentos da Assistência Social

Cidade
 CONVÊNIO 
A Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Presidente Venceslau melhora o sistema de distribuição de alimentos do convênio com a CONAB e Associações de Produtores Rurais. A informação é do secretário de Assistência Social, Zinho Rachopi. Ele diz que a entrega dos produtos da Conab está a todo vapor.

São produtos de hortifruticultura cultivados pelos produtores rurais do nosso município. O alimento é distribuído para a população e entidades cadastradas na Secretaria de Assistência Social. Ele informa que frutas, legumes, verduras são entregues durante a semana, em diversos bairros da nossa cidade.

Para ter acesso aos alimentos o munícipe deve se apresentar junto a Secretaria de Assistência Social, para triagem e cadastramento, na Rua Campos Sales, nº 50. O convênio com a Conab foi viabilizado no final do ano passado com diversas associações de produtores rurais depois de gestões do prefeito Jorge Duran em Brasília.

Centenas de famílias da agricultura familiar são beneficiadas, assim como entidades e pessoas assistidas pelo município.
(A.I Prefeitura)

Estilo e Elegância na Moda Homem


Campanha incentiva escolha segura de contraceptivos

Brasil
 CAMPANHA 
Iniciativa é da Fabrasgo
(Foto: Reprodução)
A campanha #VamosDecidirJuntos, uma iniciativa da Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), foi lançada ontem (23), em São Paulo, com o objetivo de promover o diálogo entre os médicos, as pacientes e os seus parceiros para a escolha do método contraceptivo mais indicado de acordo com cada perfil.

A federação acredita que o diálogo trará mais segurança e informações claras para a mulher que utiliza métodos contraceptivos, aumentando o nível de eficácia e reduzindo efeitos colaterais.

Estimativas indicam que, no Brasil, 22,1% das mulheres adotam a pílula anticoncepcional como método para prevenir a gravidez, seguindo-se o preservativo masculino (12,9%), injeção contraceptiva (3,5%) e dispositivo intrauterino – DIU (1,5%). Os métodos tradicionais (comportamentais), como a tabelinha e o coito interrompido somam 2,4%.

Segundo o ginecologista e presidente da Febrasgo, César Eduardo Fernandes, a campanha pretende levar a discussão também para o casal e incentivar o diálogo aberto e transparente sobre a contracepção. “Os homens costumam achar que esse é um problema feminino e não é. É uma decisão que deve ser do casal, por isso precisamos conscientizá-lo para que esteja junto”, frisou. Para ele, o médico é importante para dar esclarecimentos quanto à medicação, embora a escolha seja somente da mulher. “A paciente é soberana em sua decisão, o médico é apenas o consultor”.

Fernandes completa que a ideia da campanha também foi motivada pelo desconhecimento que as mulheres têm sobre os métodos anticoncepcionais. “Lamentavelmente, somos obrigados a fazer uma consulta curta e não é possível falar sobre tudo, então a campanha vai alavancar a divulgação [de todos os métodos].”

A campanha conta com um portal (https://www.vamosdecidirjuntos.com.br/) com informações seguras e baseadas em orientações médicas, vídeos com especialistas, textos e artigos sobre o tema. Há ainda um espaço para esclarecimento de dúvidas sobre os métodos contraceptivos. O objetivo é ampliar a discussão sobre a contracepção, os métodos mais indicados em cada perfil e cada momento da vida. A ideia é estimular a mulher a fazer uma reflexão sobre sua vida sexual, seu momento de vida e sua saúde para que leve os questionamentos ao médico.

Durante o lançamento da campanha, o presidente da Febrasgo e a ginecologista e professora do Departamento de Tocoginecologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Ilza Maria Urbano Monteiro, falaram da importância da mulher avaliar as necessidades pessoais e das responsabilidades dos médicos.

“Com essa campanha, a informação está chegando para as mulheres, e é difícil uma pessoa tomar uma informação consciente se ela não tiver informação”, esclareceu a professora. “Muita coisa ainda precisa ser feita, mas precisamos começar a falar desse leque enorme de opções para oferecer informação”, afirmou.

Decisão
Segundo a entidade, a contracepção é uma escolha individual com responsabilidades compartilhadas. Por isso, são necessárias a discussão e a reflexão. De acordo com as mulheres entrevistadas pela Agência Brasil, mesmo com o aconselhamento e apoio, a escolha definitiva é da mulher.

Para a professora Marta Ferreira, a decisão em fazer a laqueadura aos 30 anos foi só dela, embora tenha consultado o médico e o companheiro. “Após três filhas, decidi fazer a laqueadura, pois não queria ter mais filhos, conversei com meu companheiro e ele disse que me apoiava no que eu decidisse. A decisão foi minha”.

Já a publicitária Maria Carolina Malta Lahoz Miranda, defende que o médico deve ser sempre consultado, mas o companheiro, não. “Eu exijo o preservativo, do contrário não me toca”, explica.

A documentarista Luísa Ramos concorda que a decisão deve ser da mulher. “Ainda devemos ouvir várias médicas e outras fontes diversas e confiáveis, além de experiências de outras mulheres”. E completa: “a pilula é libertadora para a mulher, mas o uso e prescrição deveriam ser melhor avaliados, inclusive dar a opção de fazer exame para saber a tendência de trombose”.

A maquiadora Amanda Araújo acredita que a indicação de um médico é fundamental. “Cada mulher tem necessidades diferentes e o acompanhamento médico é sempre bom. A opinião do parceiro, por mais que não seja crucial para tomada de decisão da mulher, é bem-vinda, não custa nada perguntar para saber a opinião dele”.

Métodos contraceptivos
Os métodos contraceptivos podem ser divididos em dois principais grupos, os reversíveis e os definitivos:

Reversíveis: hormonais (pílulas, implantes, anel vaginal, adesivo transdérmico, injetável mensal), barreira (preservativos masculino e feminino), comportamentais (tabelinha e coito interrompido), diafragma, dispositivo intrauterino (DIU) e contraceptivo de emergência (pílula do dia seguinte);
Definitivos: esterilização feminina (laqueadura tubária) e esterilização masculina (vasectomia).

A definição do método mais adequado para cada mulher deve considerar o perfil, histórico de saúde, necessidades e preferências individuais.
(Fonte: Agência Brasil)

Referência em atendimento e qualidade no Laboratório Nakata


Trapp e Eletro Força Ferramentas apresentam novidades em Venceslau

Cidade
 COMÉRCIO 

A Trapp e Eletro Força Ferramentas convidam a população para conhecer toda a linha de jardinagem na próxima segunda-feira (27), a partir das 9 horas da manhã. 


Durante todo o dia a loja terá a presença de um promotor que irá tirar dúvidas apontadas por clientes. Toda a linha Trapp estará em oferta na Eletro Força Ferramentas que está localizada na avenida D.Pedro II, 210, centro de Presidente Venceslau. O telefone para mais informações é (18) 3271 6773.

Carne brasileira é a "melhor do mundo", diz Temer

Brasil
 ECONOMIA 
O presidente Michel Temer classificou a carne brasileira como “a melhor do mundo”. Segundo ele, sua equipe tem obtido resultados satisfatórios no sentido de “estancar” a possibilidade de outros países proibirem a compra deste produto, após denúncias da Operação Carne Fraca, de irregularidades na fiscalização do produto.

“A carne brasileira não é fraca. A carne brasileira é a melhor do mundo”, disse Temer durante cerimônia de entrega de 1,3 mil unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida no Parque Residencial da Solidariedade, em São José do Rio Preto, São Paulo.

Segundo ele, a situação já está sendo revertida graças à atuação dos ministros das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, e da Agricultura, Blairo Maggi. “Ele [Aloysio Nunes] logo pegou a Operação Carne Fraca sabendo que nossa carne é forte e trabalhou com o Blairo Maggi para estancar essa possibilidade eventual de restrição à compra da carne brasileira, um dos grandes mercados que temos, vendida para 150 países”, disse o presidente.

“Temos feito um trabalho extraordinário para reduzir essas tensões que já começaram a ser reduzidas. A Coreia do Sul por exemplo voltou a autorizar a compra da carne brasileira”, acrescentou.

Rodovia federal
Durante a cerimônia de entrega de unidades do Minha Casa, Minha Vida, Temer anunciou também a liberação de R$ 87 milhões para dar sequência às obras da BR-153 na região. A exemplo do que tem feito nos últimos dias, o presidente apresentou índices positivos referentes a juros e a inflação, e o “ágio extraordinário” obtido na recente concessão de quatro aeroportos e do Porto de Santarém (PA).

“Estamos fazendo esforço para acolher todas as postulações sociais. Mas para isso é preciso restaurar as contas públicas”, disse o presidente. “Em sete ou oito meses reduzimos a inflação de 10,7% para 4,8% e a credibilidade do país está aumentando. Ontem mesmo o presidente do Banco Central disse que a inflação está em 4,8%, ou seja chegando ao centro da meta para depois baixarmos ainda mais”, disse.

Também presente no evento, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, disse que este programa social tem, entre seus objetivos, o de fazer com que as pessoas parem de pagar aluguel. Segundo ele, essa frente de obras beneficiará cerca de 5 mil pessoas. “São R$111 milhões do Tesouro Nacional e R$13 milhões do governo estadual. É um trabalho coletivo”.

Araújo criticou a paralisação de algumas das obras previstas no Minha Casa Minha Vida. “O programa chegou a ter 60 mil unidades paralisadas por falta de recursos. Neste exato momento, o governo constrói mais de 500 mil unidades como esta. Tudo feito a partir do momento em que o governo do presidente Temer resolveu colocar as contas em ordem”, disse o ministro.
(Fonte: Agência Brasil)

Faça economia no São Carlos Supermercado em Venceslau


Gastos de brasileiros no exterior sobem 61,7% em fevereiro

Brasil
 DESPESAS 
Os gastos de brasileiros no exterior somaram US$ 1,360 bilhão em fevereiro deste ano, informou hoje (24), em Brasília, o Banco Central (BC). O resultado é 61,7% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando os brasileiros desembolsaram US$ 841 milhões.

Nos dois primeiros meses do ano, as despesas ficaram em US$ 2,939 bilhões, 74,8% acima dos gastos registrados no primeiro bimestre de 2016 (US$ 1,681 bilhão).

Já as receitas de estrangeiros no Brasil ficaram em US$ 535 milhões em fevereiro e em US$ 1,196 bilhão nos dois meses do ano, contra US$599 milhões e US$ 1,249 bilhão, respectivamente em iguais períodos de 2016.

Com esses resultados das despesas de brasileiros no exterior e as receitas de estrangeiros no Brasil, a conta de viagens internacionais ficou negativa em US$ 824 milhões no mês passado, e em 1,743 bilhão no primeiro bimestre.

A projeção do Banco Central para o saldo negativo da conta de viagens este ano subiu de US$ 10,5 bilhões para US$ 12,5 bilhões.

O chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Fernando Rocha, disse que, com o dólar mais barato este ano, as viagens ao exterior caíram de preço. Ele lembrou que o dólar ffechou 2016 em R$ 3,48, na média, e agora está em torno de R$ 3,10. “A apreciação do câmbio na comparação interanual é significativa”, disse.
(Fonte: Agência Brasil)

8ª Exposição de Orquídeas será realizada em abril em Venceslau


Varejistas deixam de vender carnes de marcas investigadas

Brasil
 OPERAÇÃO CARNE FRACA 
Comércio param de vender marcas investigadas
Grandes redes de supermercados retiraram das prateleiras os produtos fabricados pelos frigoríficos interditados pela Polícia Federal (PF) na Operação Carne Fraca para blindar os clientes do risco de vender itens contaminados.

O Carrefour informou, por meio de nota, que “retirou preventivamente das lojas os produtos das plantas interditadas”. A empresa frisa que procedimento se refere às fábricas investigadas, mas não às marcas. A companhia não detalhou os volumes removidos nem o destino dos produtos.

O concorrente Walmart também retirou das lojas os produtos suspeitos de contaminação. Em seu comunicado, a empresa afirma que “suspendeu preventivamente a venda em suas lojas dos produtos oriundos das plantas frigoríficas interditadas na Operação Carne Fraca”. A rede varejista informou que tinha relação comercial contínua apenas com uma das três plantas que tiveram a produção interrompida, pertencente ao frigorífico Peccin.

O GPA, dono das bandeiras Pão de Açúcar, Extra e Assaí, informou, por meio de nota, que também suspendeu a compra das três unidades industriais interditadas, duas no Paraná e uma em Goiás.

A rede varejista não detalhou, no entanto, se os itens fabricados nessas plantas foram recolhidos das lojas. “Recall no Brasil só pode ser determinado pela Anvisa mediante laudos técnicos comprovando contaminação ou problemas sanitários dos produtos. O que não aconteceu ainda – e continuamos aguardando para ver se há alguma orientação dos órgãos nesse sentido”, informou a nota.

Preços
Coincidência ou não, os preços no varejo das carnes bovinas, do frango e de embutidos, como salsicha e linguiça, recuaram na última semana, segundo pesquisa da Fundação Procon de São Paulo, que acompanha semanalmente o custo da cesta básica.

Entre quinta-feira da semana passada, véspera da divulgação da operação, e ontem, dia 23, o preço médio da carne de primeira na cidade de São Paulo caiu 2,22%. O levantamento do Procon pesquisa as cotações em 70 estabelecimentos comerciais da cidade. O preço da carne de primeira recuou em uma semana mais do que a queda registrada no ano passado inteiro, 2,13%.

Na última semana, dos 40 itens pesquisados para o custo da cesta básica, a carne de primeira foi o item que mais contribuiu para a queda da cesta. Sozinha, respondeu por quase um terço. A carne de primeira contribuiu com 0,29 ponto porcentual de um recuo total de 0.98% da cesta básica no período.

Além disso, das cinco maiores contribuições negativas para a queda no valor da cesta na última semana, três delas são proteína animal: carne de primeira, linguiça fresca e frango inteiro resfriado.

No campo, a cotação da arroba do boi gordo ainda não teve praticamente alteração, segundo Aedson Pereira, analista da consultoria especializada em agronegócio IEG FNP. “O mercado vai demorar para sentir alterações”, disse. Ele observou que, por enquanto, o efeito foi mínimo. Na quinta-feira, 23, a cotação máxima da arroba no Estado de São Paulo foi de R$ 145,00. Na semana passada, antes da operação da PF, variava entre R$ 146,00 e R$ 147,00.

“A baixa de preço é muito provável no futuro”, disse o analista, ponderando que o mercado vinha num ritmo de escassez de bovinos. “A oferta estava da mão para a boca.” Por enquanto, os frigoríficos estão mantendo as escalas contratadas, mas limitando as novas compras. Para o analista, os pecuaristas estão preocupados com a reorganização da cadeia de produção, depois desse episódio.

Em relação à carne de frango e à carne suína, Pereira disse que a supersafra de grãos (milho e soja) tem contribuído para a queda de preços.
(Fonte: Isto É)