quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Em entrevista, Duran diz que tem grandes desafios para próximo mandato

Cidade
 2017/2020 
Duran foi entrevistado na
manhã desta quinta-feira (05)
(Foto: reprodução/TV Fronteira)
O prefeito Jorge Duran foi entrevistado, nesta quinta-feira (05), pelo SPTV da TV Fronteira, afiliada da Rede Globo em Presidente Prudente. Na ocasião, ele respondeu, ao vivo, perguntas e questionamentos enviados por moradores venceslauenses e falou de ideias para o novo mandato. Duran também disse que tem “grandes desafios estruturantes” para enfrentar neste novo mandato que cobrirá o período de 2017 a 2020.

Ele foi reeleito para o cargo, mas salientou que não enxerga o segundo mandato “apenas como uma prorrogação do primeiro”. “Nós temos de ter toda a motivação para enfrentar os desafios da cidade”, enfatizou. Ainda conforme o prefeito reeleito, Presidente Venceslau possui “deficiências” na sua infraestrutura que desafiam o Poder Executivo. “Nós não podemos ver um segundo mandato apenas como uma prorrogação do primeiro. Nós temos de enxergar o segundo mandato como um mandato novo, porque renovam-se as expectativas da população. No nosso caso, quando nos deu uma votação expressiva para que assumíssemos novamente a Prefeitura. Nós já fizemos uma primeira reunião com o novo secretariado, com a equipe que também está ao nosso lado, e foi justamente essa fala que eu tive com todos eles. Nós temos de ter toda a motivação para enfrentar os desafios da cidade. A cidade acredita em todos nós, tanto que nos conduziu a este mandato”, afirmou Gonçalez.

De acordo com o prefeito, a vantagem de ser reeleito, no momento atual, está no conhecimento já obtido sobre o funcionamento da administração municipal, as dificuldades, a arrecadação recebida e as despesas. “Mas na cidade de Presidente Venceslau existem grandes desafios estruturantes, porque nós temos deficiências na nossa infraestrutura. É uma cidade que cresceu, ela tem já mais de 80 anos e que teve muitas deficiências na sua origem em termos de planejamento. Ela foi mal planejada na sua constituição, aliás, como quase todas as cidades da região e do país”, ponderou.
(Com informações G1 Prudente)

Nenhum comentário: