terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Estudo pode apontar petróleo em Venceslau

Cidade
 ESTUDOS GEOFÍSICOS 
A empresa Wellfield Serviços Geofísico Do Brasil Ltda, do Rio Grande do Norte, realizará, em breve, estudos geofísicos que abrange estradas e rodovias em Presidente Venceslau e região. O intuito é realizar um trabalho de mapeamento com o objetivo de encontrar possíveis regiões com a existência de petróleo e gás natural.

Para a realização dos estudos, os técnicos, devidamente identificados, pedirão permissão para inspeção de imóveis residenciais e comerciais na cidade. Conforme informações apuradas pelo PORTAL BUENO, junto a representantes da empresa, o trabalho será feito em toda a bacia sedimentar do Paraná, que envolve municípios da região como Presidente Venceslau, Piquerobi, Santo Anastácio, Ribeirão dos Índios, entre outros, e ainda os estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, etc. “O estudo é feito em uma linha sísmica de cerca de 450 km, onde será realizado o mapeamento de subsolo a fim de perceber uma região viável para possíveis perfurações”, explica um representante da empresa.

A empresa aguarda a chegada de equipamentos e equipe especializada para dar início ao estudo, que deve terminar em cerca de dois meses. “Vamos fazer um estudo de vibração com sismógrafos e espalhar sensores para processar dados e analisar camadas, que podem chegar a 3 ou 4 mil metros”, acrescenta.

Se de fato as pesquisas tiverem bons resultados, conforme o representante da Wellfield, a empresa em questão vende os dados coletados a operadoras que realizam os procedimentos de perfuração de solo para retirada de petróleo e gás natural.

Entrada em residências
Como há linhas sísmicas que passam dentro do perímetro urbano das cidades, como em Presidente Venceslau, a empresa solicita autorização de prefeituras e demais órgãos públicos para vistoriar vias e propriedades. Isso também pode ocorrer em residências. Para tanto, haverá profissionais identificados que irão pedir permissão para entrada em imóveis para a realização de estudo.

Todo o trabalho é autorizado pelos órgãos competentes e também Agência Nacional do Petróleo.

3 comentários:

Silvana disse...

Quando passaram em minha residência não deixei entrar por falta de informação. Gostaria de pedir que passassem novamente nas residências q não foram vistoriadas visto que tanto eu como muitos ficamos receosos e não permitimos. Obrigada

josé paulo grion disse...

Me lembro que o Maluf fez isso nos anos 80, nas rodovias da região, foi quando descobriram o poço das thermas

José Arthur disse...
Este comentário foi removido pelo autor.