quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

PM lança bombas de efeito moral durante ato em frente à Alerj

Brasil
 PROTESTO 
Ato teve confronto entre manifestantes e a PM
(Foto: Reprodução)
A Polícia Militar do Rio segue disparando bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes que protestavam em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) no dia que marca a abertura do ano legislativo. Mais de três dezenas de bombas foram atiradas. Praticamente todo o comércio localizado nas quadras à esquerda da Avenida Rio Branco, principal via do Centro da capital fluminense, fechou as portas.

A manifestação era pacífica e as bombas começaram a ser atiradas por volta das 14h05. Segundo manifestantes que estavam próximos ao local onde explodiram os primeiros artefatos, o motivo foi a chegada do carro com o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB).

Já prevendo a manifestação, a segurança da Alerj foi reforçada com 500 agentes, entre policiais militares e integrantes da Força Nacional de Segurança. Eles chegaram às 8 horas no local. O entorno da Alerj também foi cercado por grades.
(Fonte: Estadão)

Nenhum comentário: