quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Câmara de cidade da região tem presidente mais jovem do país

Região
 MARTINÓPOLIS 
Marquinho foi eleito com 305 votos em 2016
(Foto: Divulgação)
A Câmara Municipal de Martinópolis possui o presidente mais jovem da região de Presidente Prudente, e talvez até do país. Aos 20 anos, o vereador Marcos Xavier de Almeida Passos Junior, Marquinho (DEM), assumiu o principal cargo da mesa diretora da casa de leis.

Os colegas têm faixa etária bem diferente da sua: fora ele, o mais jovem tem mais de 30 anos, e o mais velho já passou dos 70. Mas isso não é impedimento para o parlamentar de primeira viagem. “Eu procuro ouvi-los levando em conta a experiência, mas nossa relação é de igual para igual. Me preparei muito para estar aqui, estudando com afinco sobre legislação e o regimento interno”, esclarece Marquinho.

O parlamentar pode ser novo, mas seu currículo em nada é prejudicado por conta disso. Engajado como agente político desde o período escolar, o democrata integrou o grêmio estudantil e foi o vereador mirim em 2011 eleito com mais votos na história da cidade: foram 500 ao todo. Mais até do que o número de votos que resultaram em sua eleição em 2016 (305).

Apesar do pequeno espaço de tempo ocupando “oficialmente” o cargo de vereador, o novo presidente da casa já tem estabelecido planos e objetivos para sua administração. Além das atividades que já fazem parte da função, como o atendimento à população e elaboração de matérias pertinentes ao bem público, Marcos pretende iniciar a construção de uma sede própria da Câmara, que hoje funciona em um anexo no próprio prédio da Prefeitura, e a aquisição de um veículo à casa de leis. O grande objetivo, no entanto, ainda é auxiliar a juventude a conquistar cada vez mais seu espaço no ambiente público.

Como tudo começou
Uma matéria divulgada em um veículo no Mato Grosso Sul apontou que o presidente de Câmara mais novo do país era um rapaz mais velho do que Marquinho. Ao tomar conhecimento da notícia, o Legislativo entrou em contato e informou que havia em Martinópolis um parlamentar mais jovem no cargo.

Uma pesquisa então foi realizada nos dados disponibilizados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e, conforme a diretora da Câmara, Mariana Schott Mello, foram encontrados aproximadamente mil vereadores eleitos entre seus 18 e 20 anos.

Apesar de ser difícil verificar que Marcos é o mais jovem liderando uma mesa diretora em todo o país – já que muitas casas de lei sequer possuem páginas na web para disponibilizar essas informações – ao que tudo indica, segundo Mariana, o fato inédito a âmbito nacional ocorreu justamente aqui no oeste paulista.
(Fonte: O Imparcial)

Nenhum comentário: