segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Energisa alerta para cuidados com equipamentos elétricos em período de chuva

Sul e Sudeste
 TIRE DA TOMADA 
Durante o período de chuvas nas regiões Sul e Sudeste, a incidência de ventos e raios (descargas atmosféricas) aumenta e consequentemente os riscos para pessoas e equipamentos elétricos se elevam. Segundo dados do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Brasil é o país com maior incidência de raios no mundo, com cerca de 50 milhões de raios por ano, e o verão é a estação do ano que registra o maior número de descargas atmosféricas e também de temporais.

Sendo assim, quando o tempo estiver ‘fechando’, uma boa prática para evitar prejuízos é desligar os aparelhos eletrônicos da tomada. “Durante as tempestades, quando ocorre uma alta incidência de raios que atingem a região e também o sistema elétrico, podendo provocar a interrupção do fornecimento de energia, o ideal é que os equipamentos sejam retirados das tomadas. É uma medida preventiva”, destaca Stevon Schettino, gerente de Operação do Sistema da Energisa.

Para a proteção das instalações elétricas internas e dos aparelhos elétricos de residências, lojas comércios e demais construções, é necessário fazer o aterramento nas tomadas e instalar equipamentos denominados de Dispositivo de Proteção contra Surtos (DPS). Dispositivos como filtros de linha, estabilizadores e nobreaks também contribuem com a proteção dos eletroeletrônicos. Apesar de serem utilizados bastante em computadores, esses aparelhos também são recomendados para outros produtos.

Segundo Schettino, em temporais a atenção deve ser sempre redobrada. “Além dos equipamentos elétricos, os raios podem atingir pessoas e imóveis diretamente ou ainda por meio de objetos metálicos, telefonia, antenas externas, rede de TV e Internet via cabo. É preciso ficar atento”.

Em situações como essas, a Energisa preparou algumas dicas para que você passe por um temporal sem nenhum susto ou acidente:

- Retire os aparelhos eletroeletrônicos das tomadas;
- Nunca utilize telefone com fio ou aparelho conectado à tomada durante uma forte tempestade com incidência de raios;
- Se precisar fazer uma ligação, dê preferência aos celulares;
- Deixe para carregar ou smartphone em outro momento e sempre opte por usar o notebook na bateria e pela rede Wi-Fi, dispensando o uso de fios;
- Os cabos telefônicos, cabos de TV por assinatura e fiação de antenas são capazes de conduzir a corrente elétrica dos raios até os aparelhos. Por isso, é aconselhável retirar os aparelhos eletrônicos (normalmente mais sensíveis) das conexões com rede de telefonia, TV a cabo e antena externa;
- Sempre que puder, instale dispositivos de proteção contra surtos e aterre a rede elétrica da residência ou comércio;
- Não utilize chuveiro ou torneira elétrica (secador, chapinha etc);
- Quando ouvir os trovões, nunca fique em campo aberto. Procure abrigo imediatamente em construções e feche os vidros e janelas;
- Durante temporais, evite aglomerações;
- Evite ser o ponto mais alto das proximidades ou estar próximo dele;
- Se não for possível se abrigar, agache-se, com as mãos na nuca e pés juntos;
- Não fique embaixo de árvores ou próximo à torres;
- Se estiver dentro de um carro feche as janelas e aguarde a tempestade passar para poder sair. O carro oferece uma boa proteção contra raios;
- E não toque em fios caídos ou em objetos que estejam em contato com a rede elétrica, eles podem estar energizados. Acione imediatamente a Energisa, pelo telefone 0800 70 10 326.

E lembre-se, a Energisa está sempre à disposição por meio da Central de Atendimento ao Cliente (Cal Center), agências de atendimento e também pelas redes sociais (facebook.com/energisa).

Nenhum comentário: