quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

“Rio de lama” causa insegurança para pais de alunos em escola de PV

Cidade
 INSATISFAÇÃO 
Lago poluído preocupa pais de alunos
(Foto: Cedida)
Um rio de lama têm incomodado as mães que possuem filhos matriculados na escola EMEI Vitalina Almeida Prado Ribeiro, no conjunto habitacional Antônio Daraya Sobrinho em Presidente Venceslau. O “lago poluído”, que fica aos fundos da instituição, causa uma certa insegurança para as crianças que frequentam o local diariamente. As promessas de solução não são cumpridas há mais de três meses, segundo o relato de uma mãe.

No final ano passado o Portal Bueno mostrou um problema de esgoto a céu aberto no mesmo local. A dificuldade foi resolvida, mas o problema da agua suja está do mesmo jeito. Segundo Ariella Cristina, que é mãe de uma estudante, a cratera aumenta cada vez mais. “Nada está sendo feito e é complicado. Eu trabalho com o ‘coração na mão’, pois tenho medo que alguma coisa aconteça com a minha filha”, afirma.

Cristina relata ainda que, desde 2016, cobra atitudes para a solução do problema, mas as indagações não tiveram sucesso até o momento. “As aulas pararam em dezembro, voltaram ontem. Daria tempo dos órgãos competentes terem feito algo”, diz.

Outro lado
O Portal Bueno entrou em contato com o chefe de gabinete, Elcio Jr, e o mesmo informou que ocorreu um rompimento em uma galeria no local. “No ano passado foi feita uma parte, porém não é possível dar continuidade, pois a mesma passa perto do muro da unidade, que pode desabar. Existe um projeto para desvio da galeria, ele está orçado em R$ 200 mil. No momento, a prefeitura está em busca de recursos para resolver o problema”, finaliza. 

Nenhum comentário: