terça-feira, 11 de julho de 2017

Corrente humana de 80 banhistas salva família em praia na Flórida

Mundo
 EVITARAM TRAGÉDIA 
Corrente humana resgatou nove pessoas em praia na Flórida
Dezenas de banhistas em uma praia na Flórida, nos Estados Unidos, formaram uma corrente humana para resgatar nove pessoas, sendo seis de uma mesma família, no último sábado, em uma área muito afastada da costa.

Aproximadamente 80 pessoas contribuíram para o salvamento do grupo. "Eu honestamente pensei que iria perder minha família naquele dia", afirmou Roberta Ursrey ao jornal "The Panama City News Herald". "Eu estava, tipo, "Ah, meu Deus, é assim que vou morrer".

Ela contou que ficou preocupada quando viu os dois filhos nadando em uma área muito afastada da praia, já gritando por socorro. A mãe, então, entrou na água para salvá-los, junto com o pai deles, um primo, a avó e mais três pessoas que se solidarizaram. No entanto, os nove começaram a também pedir socorro, pois, uma vez que alcançaram os garotos, não conseguiram mais sair e ficaram submersos a 4,5 metros da superfície.

Nesse momento de desespero, as pessoas que estavam na praia de Panama City começaram a se mobilizar para salvar a família. Com isso, formaram uma corrente humana que ia desde a areia até a localidade do grupo à deriva, localizado a 100 metros da costa. Uma mulher sofreu um infarto e precisou ser hospitalizada. Duas filhas de Roberta também estavam na corrente.

Quando a americana Jessica Simmons percebeu que havia um grupo se afogando, ela foi em direção a eles com o marido e outras pessoas se uniram a eles para formar a corrente humana que salvou os nove banhistas. "Eu automaticamente pensei que eles tivessem visto um tubarão", contou Jessica. "Eu corri de volta para a areia e meu marido veio ao meu encontro. Foi então que vi que alguém estava se afogando."
(O Globo)

Nenhum comentário: