terça-feira, 25 de julho de 2017

Durante operação, polícia flagra motoristas a quase 170 km/h em rodovia da região

Região
 ASSIS CHATEAUBRIAND 
Operação é realizada em trechos em obras da SP-425
Durante a realização de Operação de Fiscalização do Controle de Velocidade, realizado em trechos em obras na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), no Oeste Paulista, a Polícia Militar Rodoviária registrou, somente em julho – e até esta segunda-feira (24) – 5.273 imagens por excesso de velocidade, segundo informou a corporação. Nesta semana, conforme imagens divulgadas pela polícia, é possível visualizar condutores a mais de 160 km/h. Em junho foram contabilizadas 7.359 imagens.

O limite de velocidade da SP-425, que está em obras, varia entre 60 e 80 km/h e está devidamente sinalizado em placas verticais. A Polícia Rodoviária estima que, dos motoristas pegos em excesso de velocidade superior a 90 km/h, cerca de 27% são flagrados a mais de 140 km/h. "A imprudência é a responsável por mais de 90% dos acidentes", declarou a corporação.

De acordo com a polícia, todo acidente de trânsito está intimamente ligado ao cometimento de uma infração de trânsito. “Ou a gente muda nossas atitudes ou seremos mais um número para a estatística violenta de nosso trânsito”, alegou a corporação.

Fiscalização
Há quase dois meses a corporação realiza Operações de Fiscalização do Controle de Velocidade no local. No dia 5 de junho, a Polícia Rodoviária divulgou que, no primeiro dia de ação, mais de 300 imagens de condutores que excederam o limite de velocidade foram capturadas na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425).

Após o início das obras de melhorias e duplicação da SP-425, desde o mês de janeiro de 2016, a rodovia passa por um aumento do número de acidentes totais e de suas vítimas na região de Presidente Prudente, observado nestes cinco primeiros meses do ano de 2017. Para que haja a redução da velocidade no trecho em obras, observa-se que somente as placas de regulamentação de velocidade a 60 km/h não estão sendo suficientes.

Nos cinco primeiros meses de 2016, houve o registro de 106 acidentes, perfazendo a quantidade total de 55 vítimas, entre leves, graves e fatais. No ano de 2017, neste mesmo período analisado, o total de acidentes já soma a quantidade de 130, que geraram 56 vítimas.

Então, com o objetivo de promover a segurança viária e a defesa da vida, a Polícia Militar Rodoviária começou a fiscalizar as velocidades estabelecidas na SP-425 e, para tanto, para que sejam verificadas as velocidades desenvolvidas pelos condutores dos veículos automotores, utiliza os medidores de velocidade (radares) do tipo portátil, que se mantém nas mãos do policial, e do tipo estático, que se mantém apoiado por suporte.

A corporação declarou que a vida é o maior patrimônio que possuímos e dela não podemos dispor e incumbe aos órgãos pertencentes ao Sistema Nacional de Trânsito zelar pela preservação da vida e da incolumidade física dos usuários das vias terrestres, tais como as vias urbanas (ruas, avenidas, vielas etc) e vias rurais (estradas e rodovias).
(G1 Prudente)

Nenhum comentário: