terça-feira, 18 de julho de 2017

Homem ateia fogo na casa de acusado de matar sua mãe

Região
 REPRESÁLIA 
Uma faca com vestígios de sangue foi localizada e apreendida
(Foto: Cedida/PM)
A casa do homem acusado de matar a sogra, em Nova Guataporanga, foi alvo de uma tentativa de incêndio. As chamas destruíram alguns móveis da residência e não houve flagrante. O crime foi cometido pelo filho da vítima do homicídio. O fato foi divulgado pela Polícia Militar nesta segunda-feira (17), mas ocorreu na noite de sábado (15).

Conforme a versão relatada à Polícia Militar por uma testemunha, que estava no momento do fato, um homem chegou com um galão de gasolina, entrou no imóvel e ateou fogo na sala de estar. Após o fato, ele fugiu.

Ainda segundo relatos da testemunha, que teve ajuda de populares para extinguir o incêndio, o autor do incêndio é filho da vítima do homicídio que foi registrado na tarde deste mesmo dia, no Centro de Nova Guataporanga. O autor do homicídio morava na residência incendiada, porém no local estava apenas a testemunha, de acordo com a Polícia Militar.

O incêndio foi parcial e queimou alguns móveis do local, conforme informou a Polícia Civil. Foi apurado pela corporação que o homem era, de fato, filho da vítima do homicídio e a ação foi, "no mínimo, uma represália” à morte da mulher. Ainda de acordo com a Polícia Civil, devido ao relato da testemunha, o homem foi identificado e responderá pelo crime de incêndio.

Homicídio qualificado
Um homem, de 40 anos, foi preso em flagrante pela prática de homicídio qualificado. Ele é acusado de cometer o crime contra a sua sogra, de 55 anos. A vítima foi lesionada por sete golpes de faca desferidos nas regiões do peito e das costas. O fato, que foi testemunhado por familiares, ocorreu no início da tarde deste sábado (15), no Centro de Nova Guataporanga.

Conforme informações da Polícia Civil ao G1, o acusado era convivente com a filha da vítima e havia relatos de uma separação. Ele seguiu até o local dos fatos, onde a mulher estaria, porém, não a encontrou. Então, a sogra e o indivíduo começaram a discutir, momento em que ele desferiu as facadas. Ela foi socorrida com vida, mas não resistiu.

Após o crime, o indivíduo fugiu para Terra Nova d’Oeste, distrito de Santa Mercedes. Entretanto, conforme relatou a Polícia Civil ao G1, logo na entrada do local, o homem foi contido por moradores, que souberam do crime e tentaram linchá-lo. Uma faca com resquícios de sangue foi apreendida na casa da vítima.
(G1 Prudente)

Nenhum comentário: