sexta-feira, 14 de julho de 2017

Número de vendas de e-commerce aumenta 25% na região

Região
 DESTAQUE NO ESTADO 
A região de Presidente Prudente apresenta o melhor desempenho no setor de comércio eletrônico do Estado. Conforme estudo realizado em 16 regiões de São Paulo, o faturamento real acumulado na capital da Alta Sorocabana está na casa dos R$ 58 milhões no primeiro trimestre de 2017, apontando um acréscimo de 25% em relação ao mesmo período do ano passado. O levantamento da Fecomercio-SP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) do Estado de São Paulo e Ebit aponta que o tíquete médio (faturamento por pedido) do comércio eletrônico na região também subiu 11%, ao passar de R$ 1.208,96 no primeiro trimestre de 2016 para R$ 1.342,49 nos três primeiros meses deste ano, o maior entre as regiões pesquisadas.

Segundo o estudo, a participação do e-commerce no faturamento do varejo geral da mesma forma aumentou, passando de 2,2% para 2,8%. Já em relação ao número de pedidos, a região alcançou quase 130 mil. De acordo com o presidente do Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista de Presidente Prudente e Região), Vitallino Crellis, a expansão nas vendas deste tipo de serviço se deu pelo saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), que aumentou o poder de compra da população.

Para os adeptos das compras on-line, o valor abaixo do mercado das lojas físicas é um grande atrativo. Assim como destaca o agente de pesquisa e mapeamento, André Luiz da Silva. “Eu compro pela internet desde 2013, mas pesquisei bastante para saber se eram realmente confiáveis os sites. Vejo que mesmo se for considerado o frete do produto em questão, ainda compensa o preço da internet”, considera.

Já o bancário Leonardo Serafim conta que, além dos valores menores, o que mais chama a sua atenção neste tipo de serviço é o leque expandido na opção de compra. “Adquiro livros, jogos de videogame, roupas, itens de coleção, estátuas, miniaturas e eletrônicos. Acho muito mais prático receber essas mercadorias em casa”, pontua.

O proprietário da Agência Oxigenweb, de criação de sites e marketing digital, Diogo Faquinha Luizari, explica que houve um acréscimo na procura de empresas físicas para investir em novas mídias, como é o caso da internet, pois há o maior alcance de pessoas on-line. “Com o nosso serviço, oferecemos o monitoramento do site ao empresário, tanto nas vendas, quanto na conversão, ou seja, na quantidade de pessoas que visitaram o site e o faturamento real com as vendas”, afirma.

Além disso, Diogo destaca que, ao todo, sua agência possui 50 clientes de e-commerce pelo Brasil, mas que boa parte deles é da região de Presidente Prudente, onde a busca cresce constantemente por este tipo de serviço nos últimos dois anos.
(O Imparcial)

Nenhum comentário: